MENU

Bovespa segue EUA e passa a operar em baixa

Bovespa segue EUA e passa a operar em baixa

Atualizado: Quarta-feira, 10 Fevereiro de 2010 as 12

Após operar em alta durante toda a manhã, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) perdeu força no início da tarde, seguindo a direção do pregão dos EUA, e mudou de direção. Às 13h49, o Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, caía 0,33%, aos 64.502 pontos.

A bolsa vinha registrando recuperação durante a semana, depois de acumular queda de 4% na semana passada, afetada pelo nervosismo do mercado com a situação fiscal de países como a Grécia. Já nesta semana, porém, a expectativa dos investidores vinha positiva, com a aposta em uma ajuda da União Europeia ao país.

Nos Estados Unidos, os mercados reagem mal ao discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Ben Bernanke , que afirmou que o país pode cortar o estímulo de mais de US$ 1 trilhão que deu à economia desde o início da crise financeira, e à divulgação do déficit comercial do país, que  aumentou em dezembro mais que o esperado.

Calma 'momentânea'

Nesta quarta, o clima nos mercados europeus é bom. "Momentaneamente, a coisa está mais calma. Mas a tendência no curto prazo é de mais volatilidade", disse Américo Reisner, operador da Fator Corretora.

Segundo ele, o clima é de expectativa pela reunião que será realizada na quinta-feira entre representantes de países da zona do euro para discutir a crise grega. Desde a véspera, os mercados vêm em ritmo de recuperação, após rumores de que a Alemanha ofereceria socorro financeiro ao país.

Mais cedo, as bolsas asiáticas fecharam em alta na expectativa do pacote para auxiliar a Grécia. Na terça-feira, o Ibovespa subiu 2,48% , para 64.718 pontos, com giro financeiro de R$ 7,61 bilhões.

veja também