MENU

Bovespa tem leve queda e fica abaixo dos 67 mil pontos

Bovespa tem leve queda e fica abaixo dos 67 mil pontos

Atualizado: Terça-feira, 22 Março de 2011 as 8:33

A Bovespa fechou em queda nesta segunda-feira (21), na contramão do otimismo internacional. A bolsa recuou 0,28%, a 66.689 pontos. A máxima do dia foi de 67.675 pontos, maior nível desde 9 de março. O giro do pregão, inflado pelo exercício de opções, ficou em R$ 9 bilhões.

José Góes, analista econômico da WinTrade, Home Broker da Alpes Corretora, afirmou que "ninguém está querendo ficar muito tempo posicionado".

- Fica difícil imaginar esse mercado escapando para algum lado, tanto para baixo de 64 mil [pontos] ou para cima de 68 mil. Vai ficar oscilando.

Entre os fatores que promovem a cautela entre os investidores está o conflito na Líbia e a tensão nos países do Oriente Médio. Analistas também citaram o aperto na política monetária da China, que na sexta-feira (17) elevou o depósito compulsório (dinheiro que os bancos são obrigados a deixar depositados no Banco Central) pela terceira vez em 2011.

As ações com maior volume foram também os destaques do exercício de opções: as ações preferenciais (sem direito a voto nas assembleias) da Vale tiveram alta de 0,11% e foram vendidas a R$ 46,88. Os papéis preferenciais da Petrobras tiveram ganho de 0,82% e atingiram R$ 28,13.

A maior queda do índice foi das ações preferenciais da Gerdau, com recuo de 4,93%, a R$ 20,25. A empresa anunciou nesta segunda-feira que fará uma oferta de ações superior a R$ 5 bilhões para levantar recursos para o programa de investimentos e reforçar o capital.

A operação feita pela Gerdau aumentou os comentários sobre uma possível consolidação no setor de siderurgia, com a Usiminas como alvo. As ações ordinárias da empresa (com direito a voto), que dão acesso ao controle da companhia, subiram 2,46%, a R$ 30 reais, e as ações preferenciais caíram 2,47%, a R$ 20,56.

No lado positivo, Hypermarcas teve o sétimo dia seguido sem quedas, com alta de 3,18%, com o papel valendo R$ 20,43. A ação só não subiu recentemente no dia 15 de março, quando ficou estável.

No começo da semana passada, a empresa anunciou que prevê sinergias de cerca de R$ 250 milhões por ano com as aquisições realizadas recentemente e que em 2011 terá foco em consolidar as compras já feitas.

veja também