MENU

Brasil é o mercado onde a EDP mais cresce na distribuição de electricidade

Brasil é o mercado onde a EDP mais cresce na distribuição de electricidade

Atualizado: Segunda-feira, 26 Abril de 2010 as 12

O Brasil foi o mercado onde a EDP - Energias de Portugal mais cresceu no primeiro trimestre no seu negócio de distribuição de electricidade, mostram os dados operacionais previsionais do grupo. Enquanto em Portugal a EDP registou um crescimento de 6,3% e em Espanha de 6%, no Brasil a distribuição eléctrica aumentou 20%.

Nesta área de negócio, o Brasil continua a ser o segundo maior mercado, atrás de Portugal e à frente de Espanha. Entre janeiro e março a EDP distribuiu 13.733 gigawatts hora (GWh) de electricidade em Portugal, 5.959 GWh no Brasil e 2.516 GWh em Espanha.

Também no número de clientes, o mercado brasileiro foi aquele onde a EDP conseguiu um crescimento relativo mais elevado. Em Portugal aumentou o número de clientes em 0,7%, de 6,08 milhões no primeiro trimestre de 2009 para 6,12 milhões no primeiro trimestre de 2010. Em Espanha a EDP cresceu 1,5%, passando de 636 mil para 646 mil clientes de electricidade. No Brasil o crescimento foi de 2,6%, de 2,61 milhões para 2,68 milhões de clientes.

No relatório operacional do primeiro trimestre a companhia informou que "a energia distribuída pelo grupo EDP [incluindo não só o segmento de electricidade mas também o de gás] cresceu 23%, suportada pela forte retoma no Brasil e significativa recuperação na Península Ibérica".

No Brasil, refere a EDP, "o volume de electricidade vendido a clientes finais cresceu 11%, impulsionado pelo segmento residencial (+7%) e pela recuperação nos segmentos industrial (+16%) e rural (+26%)".

Adicionalmente, a electricidade distribuída a grandes clientes industriais no Brasil (dos quais a EDP cobra apenas tarifas de acesso) cresceu 39% no primeiro trimestre de 2010 reflectindo a recuperação de procura e um fraco primeiro trimestre de 2009.

A EDP divulga os resultados financeiros completos do primeiro trimestre deste ano no próximo dia 6 de maio.

veja também