MENU

Brasil leva discussão de guerra cambial à OMC

Brasil leva discussão de guerra cambial à OMC

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2011 as 12:23

BRASÍLIA - O Brasil apresentou nesta terça-feira, ao grupo de trabalho da Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre Comércio, Dívida e Finanças, uma proposta de discussão da relação entre políticas cambiais e comércio internacional. Em um discurso proferido esta manhã em Genebra (Suíça), sede do organismo multilateral, o embaixador brasileiro Roberto Azevêdo, defendeu que o tema entre na agenda o mais rapidamente possível, tendo em vista as assimetrias que têm se formado pela desvalorização de moedas de alguns parceiros internacionais.

- O Brasil acredita que, promovendo essa discussão, nós estaríamos respondendo, positivamente, dúvidas frequentes manifestadas por nossos líderes - disse o diplomata.

Ele destacou que não se trata de uma novidade, uma vez que o impasse entre câmbio e comércio começou a ser sentido, mais profundamente, com a crise financeira internacional, em 2008. Lembrou que, "em linha com a teoria econômica clássica", a maioria dos países implementou medidas fiscais e monetárias, para preservar o crescimento econômico e os empregos. No entanto, acrescentou, tiveram calibragens diferentes, dependendo do quão afetado pela crise estava o país.

veja também