MENU

Brasileiros estão mais otimistas com situação socioeconômica, diz Ipea

Brasileiros estão mais otimistas com situação socioeconômica, diz Ipea

Atualizado: Segunda-feira, 6 Dezembro de 2010 as 3:33

As famílias brasileiras estão mais otimistas com relação à situação socioeconômica do país, mostra pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). De outubro para novembro, o Índice de Expectativas das Famílias teve alta de 3,5%, para 65,60 pontos. A partir de 60 pontos, o indicador denota otimismo.

“O cenário positivo permanece ligado às expectativas do mercado de trabalho, com expectativa otimista pela manutenção da ocupação por parte do responsável pelo domicílio e dos outros membros que trabalham. Alem disso, cerca de um terço da população espera obter melhorias no trabalho em seis meses”, diz o Ipea em nota.

O aumento do otimismo ocorreu em todas as regiões. A região Centro-Oeste voltou a liderar, com 70,65 pontos, seguida pela região Sul, com 69,45 pontos. A região Nordeste registrou 64,67 pontos; Sudeste, 64,73; e Norte, 64,25.

Situação econômica

Em novembro, 64% das famílias acreditavam que o Brasil passará por melhores momentos econômicos nos próximos 12 meses. Além disso, 61,57% das famílias creem no mesmo para os próximos cinco anos. A proporção de famílias que acreditam que o país atravessará piores momentos é de 15% e12,65%, para o curto e médio prazos, respectivamente.

Em relação à própria situação financeira, 76,1% do conjunto das famílias brasileiras pesquisadas indicaram estar melhor financeiramente do que estavam um ano antes. Outros 19,2% sentem-se em pior situação atualmente que em relação à de um ano atrás.

Cerca de 81% das famílias brasileiras creem que estarão em melhores condições financeiras daqui a um ano, enquanto outras 7,4% acreditam que estarão piores.    

veja também