MENU

Café retira 6 milhões de sacas do mercado para formar estoque privado

Café retira 6 milhões de sacas do mercado para formar estoque privado

Atualizado: Segunda-feira, 3 Novembro de 2008 as 12

Café retira 6 milhões de sacas do mercado para formar estoque privado

O Conselho Deliberativo da Política do Café aprovou proposta do Conselho Nacional do Café (CNC) para a retirada de 6 milhões de sacas do mercado, com a finalidade de formar estoque estratégico por parte do setor privado.

Ao contrário do modelo de formação de estoques públicos, o programa permite o retorno antecipado de parte desses cafés ao mercado caso a cotação evolua para o nível de preço estabelecido, que é de R$ 306,34.

Utilizando como fonte de recursos o Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé), o setor privado renovará o volume de 6 milhões de sacas a cada dois anos, sempre no início  (julho) do ano safra de bienalidade alta (safra cheia) do café.

Para o presidente do CNC, Gilson Ximenes, este programa é de suma importância, por não dar previsão de retorno do café ao mercado, conforme ocorre com os financiamentos de estocagem.

"Apesar de a estocagem objetivar a promoção de um efeito anticíclico na bienalidade da oferta brasileira, a previsibilidade do retorno desses cafés ao mercado tem gerado prejuízo ao produtor, considerando-se que há depreciação dos preços nos períodos em que se encontram os vencimentos das operações", explicou Ximenes.

De acordo com Gilson Ximenes, os níveis de preço, nesse novo modelo, é que determinarão o fluxo de retorno do café. "Outra grande vantagem do programa é que não há depreciação do produto, como ocorria com os estoques públicos, visto ue ele pode ser renovado a cada dois anos", disse Ximenes, que completou lembrando que a iniciativa inovadora não gera ônus à União, além dos ganhos da valorização do estoque ficarem com o setor produtivo da cafeicultura brasileira.

O Ministério da Agricultura  encaminhará voto à próxima reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN),que deverá ocorrer no final de novembro, para que seja efetuada a implantação do programa.

veja também