MENU

Carga de energia sobe 2,1% em novembro, mostra ONS

Carga de energia sobe 2,1% em novembro, mostra ONS

Atualizado: Quinta-feira, 2 Dezembro de 2010 as 2:44

A carga de energia no Sistema Interligado Nacional (SIN) em novembro atingiu 57.324 megawatts médios, um crescimento de 2,1% na comparação com novembro do ano passado e uma alta de 1,6% em relação a outubro.

No acumulado em 12 meses, a carga no SIN tem alta de 8,7% em relação aos 12 meses imediatamente anteriores, enquanto no ano o avanço chega a 8,5% em relação aos 11 primeiros meses do ano passado. Os dados constam da versão preliminar do Boletim de Carga Mensal, divulgado nesta quinta-feira (2) pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

"A carga de energia continua apresentando recuperação em relação a igual período do ano anterior, puxada pelo consumo residencial e comercial, e pelo comportamento da produção industrial, que se mantém elevada", diz a nota divulgada pelo ONS.

O documento acrescenta que, em novembro, foi observada a menor taxa de crescimento de 2010 em relação ao mesmo mês do ano anterior, visto que a demanda em novembro de 2009 foi muito forte por conta do uso intenso de equipamentos de refrigeração, devido às temperaturas acima da média histórica.

Por região

Entre os quatro subsistemas do SIN, o Sudeste/Centro-Oeste respondeu pela maior carga, com 35.244 MW médios em novembro, 0,9% acima de novembro do ano passado e 1,2% de alta na comparação com outubro. No acumulado em 12 meses o crescimento é de 9,3% e a alta chega a 8,9% no acumulado de 2010.

O maior crescimento na comparação com novembro do ano passado foi observado no subsistema Norte, que registrou carga de 3.941 MW médios em novembro, 6,7% a mais que em novembro do ano passado. Na comparação com outubro, o crescimento foi de 0,1%, enquanto em 12 meses o avanço chega a 6,8%. No ano, a alta acumulada é de 7,3%.

No Nordeste, a carga em novembro foi de 8.579 MW médios, 4,2% a mais que em novembro do ano passado e uma queda de 0,4% em relação a outubro. Em 12 meses, a carga no subsistema subiu 9,2%, enquanto no ano a alta também é de 9,2%.

No Sul, a carga de 9.560 MW médios foi 2,8% superior a novembro do ano passado e 5,5% maior que em outubro. No ano, a alta acumulada é de 6,7%, com avanço de 6,8% em 12 meses.    

veja também