MENU

Carne bovina pesa no bolso e inflação da baixa renda sobe

Carne bovina pesa no bolso e inflação da baixa renda sobe

Atualizado: Terça-feira, 7 Dezembro de 2010 as 10:55

A inflação percebida pela baixa renda aumentou em novembro e ficou acima da inflação geral medida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A alta dos preços medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1), divulgado nesta terça-feira (7), subiu 1,33%, contra 0,80% em outubro.

O indicador, que mede a variação de preços de uma cesta de produtos e serviços para famílias com renda entre um e 2,5 salários mínimos, registra alta de 6,41% no acumulado do ano e avanço de 6,58% nos últimos 12 meses.

Em novembro, a inflação geral medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-) ficou em 1%.

A exemplo do movimento registrado em outros índices de inflação, os alimentos e principalmente a carne bovina foi o destaque de aumento nos preços. Os preços da alimentação subiu de 1,72% para 2,62%; neste grupo, a carne bovina teve salto de 3,25% para 9,92%.

Além disso, a carne moída teve a maior influência individual no aumento dos custos para o consumidor: saltou de 3,28% para 9,63%.

Veha as demais variações dos índices: Habitação (0,12% para 0,38%), Transportes (0,02% para 0,57%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,06% para 0,26%) e Despesas Diversas (0,21% para 0,41%).

veja também