MENU

China impõe taxas de importação a carros americanos

China impõe taxas de importação a carros americanos

Atualizado: Quarta-feira, 14 Dezembro de 2011 as 11:04

China decidiu mudar taxas por causa de práticas

de dumping e subsídios  (Foto: AP) A China vai impor a partir desta quinta-feira (15) taxas de importação por subsídios e prática de dumping a veículos dos Estados Unidos com motores de cilindrada superior a 2,5 litros. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (14) pelo ministério do Comércio chinês.

A medida, que aumenta a tensão nas já complexas relações comerciais entre as duas maiores economias mundiais, vale para veículos familiares e utilitários esportivos. A princípio terá validade de dois anos, anunciou o ministério em um comunicado oficial.

A decisão afetará diretamente os automóveis produzidos pela General Motors, Chrysler Group, American Honda Motor e Ford, assim como veículos da BMW Manufacturing e da Mercedes-Benz US International.

As taxas aplicadas pela China terão uma variação, de acordo com montadoras. No caso da General Motors, terá taxas de importação de 8,9% pela prática de dumping e 12,9% pelos subsídios. Para a Chrysler, as taxas serão de 8,8% e 6,2%, respectivamente.

Os modelos da BMW e da Mercedes-Benz fabricados nos Estados Unidos também serão taxados.

A grande maioria dos automóveis estrangeiros vendidos na China é montada no país, mas continuam muito elevadas as importações de veículos de luxo, normalmente equipados com motores de alta cilindrada.

Além disso, o mercado de automóveis com tração nas quatro rodas também passa por um forte crescimento na China, em um segmento também dotado de motores com cilindrada superior a 2,5 litros.

As vendas de carros registraram alta de 32% ano passado, mas o setor perdeu impulso deois que o governo retirou os incentivos àss vendas.        

veja também