MENU

Com alta generalizada de suas ações, Ibovespa sobe para 69.147 pontos

Com alta generalizada de suas ações, Ibovespa sobe para 69.147 pontos

Atualizado: Quarta-feira, 1 Dezembro de 2010 as 3:22

Um ajuste em função das perdas recentes e as boas notícias da economia internacional seguem dando fôlego para as compras dos investidores no mercado acionário brasileiro. Em um dia marcado pela alta dos preços das commodities, o desempenho favorável das 'blue chips' brasileiras contribui para o Ibovespa avançar na linha dos 69 mil pontos.

Por volta das 15h, o índice subia 2,13%, para 69.147 pontos, com giro financeiro de R$ 3,225 bilhões. Em Wall Street, no mesmo horário, o índice Dow Jones tinha ganhos de 2,20%, o Nasdaq ganhava 2,33% e o S&P 500 avançava 1,67%.

Naturalmente, a queda de 2,8% do Ibovespa nos últimos quatro pregões abriu oportunidades para os investidores nesta jornada. De toda forma, a atuação dos agentes ganha ainda mais força com os indicadores divulgados.

Na China, o desempenho da indústria em novembro superou as expectativas. O Índice dos Gerentes de Compra do setor manufatureiro chinês avançou para 55,2 no mês passado, superando em 0,5 ponto percentual a marca de outubro, segundo a Federação de Logística e Compra da China (CFLP, na sigla em inglês).

Nos Estados Unidos, o foco está nos dados de emprego. O setor privado do país adicionou 93 mil postos de trabalho de outubro para o mês seguinte, considerando ajuste sazonal. O resultado de novembro é o mais expressivo em três anos, informou a ADP, empresa que processa folha de pagamentos.

Além disso, o Institute for Supply Management (ISM) mostrou que a atividade manufatureira dos Estados Unidos cresceu em novembro, pelo 16º mês consecutivo. O indicador que mede o desempenho do setor marcou 56,6, com leve alteração em relação à leitura de outubro, de 56,9.

Por fim, o Departamento de Comércio do país revelou que o gasto com construção nos Estados Unidos subiu 0,7% na passagem de setembro para outubro, embora tenha recuado 9,3% na comparação com outubro de 2009.

À tarde, ainda sai o Livro Bege do Federal Reserve (Fed), o banco central americano, que faz um apanhado da percepção sobre a atividade econômica nos últimos 45 dias.

No cenário local, as ações do Ibovespa mostram forte alta nesta sessão. Minutos atrás, as maiores valorizações do índice partiam de Sabesp ON (5,73%, a R$ 40,17), Klabin PN (4,48%, a R$ 5,12) e das units do Santander Brasil (4,28%, a R$ 23,10). Além disso, os papéis ON da OGX Petróleo subiam 4,12%, a R$ 20,72.

Entre as ações de maior peso, Vale PNA ganhava 2,08%, a R$ 49, e Petrobras PN se apreciava em 2,35%, a R$ 25,17. E das poucas baixas do Ibovespa, destaque para os papéis Pão de Açúcar PNA (-0,35%, a R$ 70,67), Embraer ON (-0,48%, a R$ 12,33) e Duratex ON (-0,61%, a R$ 19,48).

Fora do índice, as ações ON da Hypermarcas avançavam 2,02%, a R$ 27,68.

A primeira prévia da carteira teórica do Ibovespa, mostrou a entrada desses papéis, que terão peso de 0,843% no índice.

Além disso, a carteira, que vai vigorar de 3 de janeiro a 29 de abril de 2011, apontou o maior peso dos papéis ON da OGX, que passaram da quinta para a terceira posição.    

veja também