MENU

Comércio e indústria extrativa se destacam em setembro

Comércio e indústria extrativa se destacam em setembro

Atualizado: Terça-feira, 19 Outubro de 2010 as 11:51

O Ministério do Trabalho informou nesta terça-feira (19), com base em informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que o comércio e a indústria extrativa mineral foram os setores que se destacaram na criação de empregos formais em setembro deste ano, quando bateram recordes para o período.

No caso do comércio, informou o governo, foram abertas 55 mil vagas com carteira assinada no mês passado. "O resultado favorável do setor de comércio foi oriundo de recorde para o mês no comércio varejista, com incremento de 46,82 mil postos de trabalho e a criação de 8.227 postos no comércio atacadista", informou o Ministério do Trabalho.

No caso da indústria extrativa mineral, de acordo com números do Caged, foram abertas 1,97 mil vagas no mês passado, o que também representa recorde para este mês, e, também, o segundo melhor resultado da história - perdendo apenas para abril de 2008 (+2.068 postos).

Em termos absolutos, porém, destacou-se a indústria de transformação, com 94.205 postos de trabalho formais criados no mês passado. Os bons números se devem à indústria de produtos alimentícios (+49,56 mil postos), à indústria têxtil (+8,1 mil vagas), à indústria mecânica (+6,28 mil empregos) e à indústria química (+5,38 mil postos). Esse também foi o segundo melhor saldo da história, se contabilizados todos os meses, e não apenas setembro.

No caso do setor de serviços, o Ministério do Trabalho informou que houve a abertura de 94.202 vagas em setembro. A construção civil, por sua vez, gerou 21,67 mil postos formais no mês passado. O destaque negativo ficou por conta da Agricultura, que fechou 22,93 mil vagas em setembro deste ano.    

veja também