MENU

Conselho discute aumento de câmeras de segurança e do efetivo da Guarda Universitária

Conselho discute aumento de câmeras de segurança e do efetivo da Guarda Universitária

Atualizado: Sexta-feira, 20 Maio de 2011 as 12:32

Após a morte de um estudante na USP (Universidade de São Paulo), o Conselho Gestor do Campus da USP em São Paulo convocou uma reunião extraordinária para discutir a segurança no campus. O encontro começou por volta das 10h da manhã desta sexta-feira (20) com um minuto de silêncio pela morte do estudante Felipe Ramos de Paiva, 24.

No início do evento, Adilson Carvalho, representante da reitoria da USP, já relatou algumas medidas que devem ser tomadas pelo órgão: aumento do número de câmeras de segurança no campus e do efetivo da Guarda Universitária.

Ele não detalhou quantas câmeras seriam adquiridas nem qual seria a proporção de aumento na equipe de vigilância.  Segundo ele, a intenção é colocar duas câmeras em cada portaria -- uma com foco no motorista e outra, na placa.

Os estacionamentos também devem receber esse tipo de equipamento. Havia câmeras de segurança no estacionamento da FEA (Faculdade de Economia e Administração) em que foi morto o estudante. No entanto, o equipamento estava "inoperante" e não registrou as cenas do assassinato do universitáiro.

O assistente da reitoria também afirmou que irá solicitar aumento na capacidade de armazenamento de dados nos arquivos da USP -- como imagens das câmeras de segurança. "Vou pedir isso imediatamente, para que esteja em uso dentro de um mês", disse. 

Visitas da reitoria às unidades O representante da reitoria disse ainda que a reitoria inclui em sua rotina visitas às unidades para discutir o tema da segurança. Segundo ele, esse novo procedimento já foi feito na Farmácia, na Escola Politécnica e no Instituto de Psicologia.

Essas foram as informações iniciais da reunião, que deve durar a manhã toda -- e os jornalistas somente tiveram acesso a esses primeiros minutos.

O Conselho Gestor do Campus da USP  é formado por representantes das 48 unidades administrativas que fazem parte do campus da capital, além de representantes de alunos e de funcionários. Na mesa que coordena a reunião desta sexta estavam José Roberto Cardoso (diretor da Escola Politécnica e presidente do Conselho), Michel Michaelovitch de Mahiques (vice-presidente do Conselho) e José Sidnei Martins (coordenador do campus da capital).  

veja também