MENU

Contra mudanças climáticas, 48% dos brasileiros aceitam produtos mais caros

Contra mudanças climáticas, 48% dos brasileiros aceitam produtos mais caros

Atualizado: Segunda-feira, 7 Dezembro de 2009 as 12

A maior parte dos brasileiros (48%) acredita que o consumidor deveria pagar preços mais altos nos produtos por conta das mudanças climáticas, segundo informa pesquisa da Pew Research Center.

Assim, o Brasil é uma das 14 entre 25 nações cuja maior parcela da população concorda com tal medida, já que 41% afirmam discordar.

Outros países

Ainda de acordo com o estudo da Pew Research Center, o país com maior percentual de pessoas que concordam em pagar mais por produtos em prol do meio ambiente é a China, com 88% das respostas. Em seguida, estão Índia (85%), Coreia do Sul (69%) e Japão (68%).

Já entre os que mais desaprovam tal atitude, estão a Jordânia, com 15% de aprovações e 73% de desaprovações, e o Egito, com 18% e 69%, respectivamente.

No que diz respeito aos outros países da América Latina que participaram do levantamento, a conclusão foi a seguinte: no México, 28% das pessoas pagariam mais, enquanto 61% não tomaria tal atitude; e na Argentina 54% não pagariam mais caro, frente aos 34% que pagariam.

Por Gladys Ferraz Magalhães

veja também