MENU

Crise da dívida e ações de bancos afetam bolsas europeias

Crise da dívida e ações de bancos afetam bolsas europeias

Atualizado: Terça-feira, 4 Outubro de 2011 as 11:27

Os investidores nos mercados acionários da Europa focam-se nos papéis de bancos e no desenrolar da crise da dívida. A Grécia ganha destaque depois de os ministros europeus das Finanças adiarem a aprovação de desembolso de empréstimo para a Grécia.   Perto das (horário de Brasília), em Londres, o FTSE 100 declinava 3,55%. O CAC 40, de Paris, recuava 3,5%. Em Frankfurt, o DAX perdia 4,05%. Em Madri, o Ibex 35 diminuía 2,95%. O FTSE MIB, de Milão, baixava 3,62%.

As ações de bancos apresentavam desvalorização acentuada, com Lloyds recuando mais de 7% na praça londrina e Barclays declinava 6,75%. Em Paris, Crédit Agricole e Société Générale tinham baixa da ordem de 6%.

Ao fim do encontro ocorrido em Luxemburgo, o presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, comunicou o cancelamento de encontro de 13 de outubro para decidir sobre a liberação de 8 bilhões de euros, que faz parte do pacote de 110 bilhões de euros acertado no ano passado com credores europeus e o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Juncker disse que se aguarda o resultado da revisão da missão de inspetores internacionais para a tomada de uma decisão.

veja também