MENU

DDA: Novo sistema de pagamentos já tem 1 milhão de clientes

DDA: Novo sistema de pagamentos já tem 1 milhão de clientes

Atualizado: Terça-feira, 20 Outubro de 2009 as 12

Um total de 1,044 milhão de clientes bancários já se cadastraram no serviço Débito Direto Autorizado (DDA), que entrou hoje em operação na rede bancária de todo o País. A informação foi dada hoje pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), durante o lançamento oficial do novo serviço, em Brasília. O DDA permitirá aos clientes cadastrados a visualização e o pagamento de boletos de cobrança por meio eletrônico, dispensando o recebimento dos impressos.

Os clientes que já se cadastraram foram informados da existência do serviço a partir de hoje pelos seus próprios bancos. A partir de amanhã, a Febraban iniciará uma campanha nacional de divulgação do serviço. O DDA será utilizado sempre de forma optativa pelos clientes, para o pagamento de boletos de cobrança como os de mensalidades escolares, planos de saúde, condomínios, financiamentos imobiliários e de veículos. Para cartões de crédito, o acesso inicialmente será apenas à cobrança. A fatura detalhada dos cartões só estará disponível num prazo de seis meses após a implantação do serviço.

Os pagamentos a concessionárias de serviços públicos (o que inclui o fornecimento de água, energia elétrica, gás e telefone) não estão disponíveis inicialmente pelo DDA. De acordo com a Febraban, são emitidos por ano cerca de 2 bilhões de boletos bancários. O número inicial de 1,044 milhão de clientes cadastrados surpreendeu a entidade. Atualmente há 32 milhões de contas correntes que são transacionadas pela internet e quase um terço de todas as operações bancárias do País ocorrem por meios eletrônicos, como a rede de computadores e os caixas de autoatendimento.

Etapa final

O chefe do Departamento de Operações Bancárias e de Sistema de Pagamentos do Banco Central (BC), José Antonio Marciano, afirmou hoje que a entrada em operação do DDA é a etapa final do processo de compensação eletrônica de pagamentos iniciado nos anos 90. "Estava faltando chegar ao cliente final a forma eletrônica de pagamentos", declarou, após participar do lançamento oficial do novo serviço.

Segundo Marciano, para acessar o serviço que permite a apresentação e o pagamento eletrônico de boletos bancários, os clientes terão de entrar em contato com seus próprios bancos. Ainda de acordo com o técnico do BC, para fixação de tarifas bancárias por inovações ou facilidades que os bancos queiram oferecer aos seus clientes, as instituições financeiras terão de observar as regras definidas pelo BC sobre o que pode e o que não pode ser tarifado.

veja também