MENU

Demanda por bens duráveis nos EUA cai 0,9% e decepciona mercado

Demanda por bens duráveis nos EUA cai 0,9% e decepciona mercado

Atualizado: Quinta-feira, 24 Março de 2011 as 12:20

Os pedidos de bens duráveis (itens com durabilidade mínima prevista de três anos) nos Estados Unidos caíram 0,9% (US$ 1,9 bilhão), atingindo a cifra de US$ 200 bilhões em fevereiro, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo Departamento do Comércio.

A queda decepciona o mercado financeiro que estimava um crescimento de 1,1% no indicador geral. No índice que exclui o setor de transportes, a expectativa era de alta de 1,9%.

Esta é a quarta baixa dos últimos cinco meses, com exceção de janeiro que teve alta de 3,6%.

As encomendas de bens duráveis são um indicador antecedente do setor manufatureiro. A queda registrada no mês passado faz parte de uma pequena sequência de baixas e mostra que a indústria, maior indutora da recuperação econômica norte-americana, está perdendo força.

Os pedidos que excluem o setor automobilístico caíram 0,6%. Já os pedidos que excluem o setor de defesa houve uma alta de 0,4%. A baixa que mais influenciou no indicador foi a do setor de maquinários, que teve sua segunda queda consecutiva, de 4,2%, e chegou a US$ 26,6 bilhões.

Os estoques de bens duráveis aumentaram em US$ 2,9 bilhões (0,9%), para US$ 328,3 bilhões. Em fevereiro, o maior crescimento foi de 0,9% em equipamentos de transporte, com elevação de US$ 800 milhões para US$ 87,8 bilhões.

veja também