MENU

Deputados e senadores lançam frente em defesa do biodiesel

Deputados e senadores lançam frente em defesa do biodiesel

Atualizado: Quinta-feira, 20 Outubro de 2011 as 8:54

A Frente Parlamentar lançada em Brasília com 260 deputados e senadores começa a discutir um novo plano nacional para a produção de biocombustíveis.

Os parlamentares querem novas medidas para impulsionar o setor do biodiesel no Brasil. Uma delas é a elevação da mistura do combustível no diesel mineral de 5% para até 20% nos próximos 10 anos.

“Uma das metas é a aprovação imediata desse projeto que está na Comissão de Finanças e Tributação. A diminuição de tributos é, sem dúvida, um fator de competitividade”, explica o deputado Jerônimo Goergen, presidente da Frente Parlamentar.

A indústria brasileira tem condição de produzir seis bilhões de litros de biodiesel, mas acaba trabalhando muito menos. Neste ano, por exemplo, a produção deve ser 50% menor do que a capacidade. A Associação Brasileira dos Produtores diz que isso acontece por causa da pouca demanda e pede a ampliação do mercado.

O aumento da mistura diminuirá a ociosidade das indústrias e a frente estima que os investimentos na cadeia produtiva cheguem a R$ 28 bilhões na próxima década. Para os produtores de biodiesel, a soja exportada poderia ser aproveitada na produção brasileira.

“Se aumentarmos o percentual de biodiesel, nós teremos necessidade de mais matéria prima. Nós vamos processar mais oleaginosas internamente, agregando valor e gerando emprego dentro do Brasil. Da forma como fazemos hoje, nós exportamos os grãos da soja e de outras oleaginosas gerando emprego em outros países. Nós queremos o desenvolvimento do Brasil”, diz Erasmo Battistella, presidente da Aprobio, Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil.

“É importante que o Brasil exporte produtos com valor agregado mediante a industrialização nas etapas superiores, mas a gente tem que preservar a saída via grãos. Vamos buscar o equilíbrio, a melhor solução de logística e a melhor solução de abastecimento. Acho que tem lugar para todas as formas de se fazer”, diz José Carlos Vaz, ministro interino da Agricultura.

Segundo o presidente da Frente Parlamentar, as discussões no Congresso começam na próxima semana. A meta é colocar em debate o projeto de lei que prevê a redução do imposto sobre produtos industrializados para o biodiesel o mais rápido possível.        

veja também