MENU

Desemprego atinge 7,2% da população em janeiro

Desemprego atinge 7,2% da população em janeiro

Atualizado: Quinta-feira, 25 Fevereiro de 2010 as 12

A taxa de desocupação ficou em 7,2% em janeiro contra 6,8% em dezembro do ano passado - a primeira elevação após quatro quedas mensais seguidas. Apesar da alta, a renda média do brasileiro subiu em relação ao último mês de 2009 e o número de trabalhadores com carteira assinada permaneceu estável no mês passado. Os dados foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (25).

Atualmente, no Brasil, há 21,6 milhões de pessoas ocupadas e 1,7 milhão de desempregados nas seis regiões metropolitanas pesquisadas – Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. Quase 95 mil pessoas ficaram sem emprego na passagem de dezembro para janeiro, mas o salário médio de quem permaneceu empregado subiu – passou de R$ 1.359,17 para R$ 1.373,50. A quantidade de trabalhadores com carteira assinada ficou em 9,8 milhões, taxa estável em relação a dezembro de 2009.

Na comparação com janeiro de 2009, a taxa de pessoas desempregadas recuou 10,7% - o mercado de trabalho absorveu cerca de 203 mil pessoas nesta relação. Quando se considera os empregados com carteira assinada, houve alta de 3,5% - o que equivale a 333 mil empregos com carteira assinada. Vale lembrar que a crise econômica mundial apresentava seus reflexos mais agudos no mercado de trabalho brasileiro em janeiro do ano passado, quando a indústria, sobretudo, demitiu grande parte da sua força de trabalho.

De acordo com o IBGE, apenas Belo Horizonte apresentou uma redução significativa no número de desempregados em janeiro deste ano frente a dezembro de 2009 – aumento de 18,2%. Já na relação com janeiro de 2009, três cidades apresentaram queda na desocupação - Rio de Janeiro (16,8%), São Paulo (14,6%) e Porto Alegre (24%).

O maior rendimento médio no mês de janeiro foi verificado em São Paulo, onde o trabalhador ganha R$ 1.520,50 por mês. No Rio de Janeiro, o salário médio mensal foi de R$ 1.370,30. No outro lado da tabela está Recife, onde o trabalhador ganhou, em média, R$ 907,90 em janeiro.

veja também