MENU

Dólar comercial abre em baixa de 0,39% a R$ 2,327

Dólar comercial abre em baixa de 0,39% a R$ 2,327

Atualizado: Quarta-feira, 21 Janeiro de 2009 as 12

Dólar comercial abre em baixa de 0,39% a R$ 2,327

Depois das notícias positivas na sexta-feira nos EUA - o auxílio do governo ao Citigroup e ao Bank of America (BofA) e a aprovação pelo Senado americano de mais US$ 350 bilhões do pacote de ajuda ao setor financeiro - o mercado se anima, esta manhã, com a informação de que o governo britânico anunciou um segundo grande programa de socorro aos bancos. No mercado doméstico de câmbio, os impactos da boa notícia internacional serão limitados pela expectativa de liquidez fraca, em consequência do feriado norte-americano em homenagem a Martin Luther King Jr., hoje. ''Uma variação maior de cotações pode ocorrer se houver algum fluxo inesperado, mas isso é pouco provável. Os ambiente de negócios tende a ser esvaziado'', afirmou uma fonte de mercado à Agência Estado, acrescentando que, na agenda, também não são aguardadas informações de impacto.

O dólar comercial abriu as negociações no mercado interbancário de câmbio em baixa de 0,39%, cotado a R$ 2,327. O primeiro negócio foi registrado às 10h35, meia hora mais tarde que o habitual. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), em contratos de liquidação à vista (dois dias úteis), o dólar estava cotado a R$ 2,321, em baixa de 0,94%, às 10h38. Na abertura do pregão, a moeda foi negociada a R$ 2,325, em baixa de 0,77%.

Hoje saem dados da balança comercial brasileira, mas os números não devem mexer com o rumo das transações. A notícia da semana é a definição da taxa Selic (juro básico da economia brasileira), que sai na quarta-feira. A taxa está em 13,75% ao ano e a expectativa é de que o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decida por uma redução de pelo menos 0,5 ponto porcentual.

veja também