MENU

Dólar opera com valorização no início da semana

Dólar opera com valorização no início da semana

Atualizado: Segunda-feira, 24 Janeiro de 2011 as 11:17

O dólar comercial opera com leve alta nesta manhã de segunda-feira (24). Perto das 9h30, a moeda estava cotada a R$ 1,677 na venda, valorização de 0,23%.

Na sexta-feira, a moeda americana encerrou o pregão com leve valorização de 0,05%, cotada a R$ 1,671 na compra e a R$ 1,673 na venda. Novos indicadores de inflação e emprego e a ata referente à última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), quando a taxa Selic subiu em 0,5 ponto percentual, para 11,25% ao ano, são os destaques nacionais desta semana.

Nos Estados Unidos, os investidores devem acompanhar de perto o encontro do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Federal Reserve (Fed), o banco central do país, quando será anunciado o novo rumo da taxa básica de juros, atualmente entre zero e 0,25% ao ano.

Além disso, será divulgado o Produto Interno Bruto (PIB) americano do quarto trimestre de 2010.

Nesta segunda-feira, os negócios serão esvaziados de indicadores no cenário externo. Por aqui, as atenções se voltam ao Boletim Focus, do BC, que prevê alta da inflação em 2011, aos dados semanais da balança comercial e ao Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), da Fundação Getulio Vargas (FGV), que ficou em 1,18% na terceira prévia de janeiro. Além disso, pela terceira vez neste ano, o Banco Central (BC) realiza um leilão de swap cambial reverso, que poderá movimentar até US$ 1 bilhão.

Durante a semana

Amanhã, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), a Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) e o mercado de juros futuros brasileiro estarão fechados devido ao feriado em São Paulo.

Apesar disso, o dia reserva os dados de contas externas brasileiras de dezembro e de 2010 completo. Nos Estados Unidos, serão divulgados indicadores de preços de imóveis e confiança do consumidor. Ainda na terça-feira, o Reino Unido mostra o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) do quarto trimestre do ano passado e o banco central japonês se reúne.

Na quarta-feira, os investidores que atuam no Brasil voltam do feriado de olho no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) de janeiro e nos dados de crédito e política monetária relativos a dezembro. No front americano, fora a reunião do Fomc, estão no foco os números de vendas de imóveis novos de dezembro e os estoques semanais de petróleo.

Na quinta-feira, os Estados Unidos têm uma agenda numerosa, em que os destaques partem dos indicadores de vendas de imóveis existentes, pedidos semanais de seguro-desemprego e encomendas de bens duráveis.

Na cena local, saem o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) do município de São Paulo, reportado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), e a taxa de desemprego de dezembro. Ainda ocorre a reunião mensal do Conselho Monetário Nacional (CMN). A semana será encerrada com o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) deste mês e com o PIB americano.

No front corporativo internacional, ao longo desses próximos cinco dias, serão publicados os resultados trimestrais de empresas como American Express, Halliburton, McDonald's, Texas Instruments, BlackRock, Johnson & Johnson, Siemens, Verizon, Yahoo, Abbott, Starbucks, Symantec, Xerox, AstraZeneca, AT&T, Bristol-Myers Squibb, Canon, Caterpillar, Fiat, Eli Lilly, LAN Airlines, Microsoft, Motorola, Novartis, Nokia, Potash Corporation, Procter & Gamble, Time Warner, Chevron e Honeywell.  

veja também