MENU

Dólar sofre ajuste e registra a maior alta diária em um mês

Dólar sofre ajuste e registra a maior alta diária em um mês

Atualizado: Sexta-feira, 7 Agosto de 2009 as 12

O dólar fechou em alta ante o real nesta quinta-feira, 6 de agosto, com um ajuste frente à baixa observada nas últimas cinco sessões. A moeda norte-americana avançou 1,49%, a R$ 1,837 na venda. É a maior alta percentual diária desde 7 de julho.

Nas últimas cinco sessões, a divisa norte-americana acumulou queda de 4,9%, chegando a R$ 1,81 na véspera. "O dólar vinha caindo muito, e esse ajuste já era esperado há algum tempo", avaliou o economista-chefe da Corretora Souza Barros, Clodoir Vieira.

Análise

Segundo o gerente de câmbio da Fair Corretora, Mário Battistel, além dos fatores externos, foi possível identificar um componente de realização de lucros em posições vendidas.

No entanto, o especialista aponta que tal movimento de preço tem caráter pontual, já que a tendência para a moeda americana continua sendo de baixa. Segundo Battistel, além do fluxo de recursos, há aumento nas posições vendidas no mercado futuro, ou seja, os agentes continuam apostando conta o dólar.

Os investidores também trabalharam com notícias de remessas ao longo dia. Uma das operações seria da ordem de US$ 100 milhões.

No front externo, o dólar subiu forte ante a libra, depois que o Banco da Inglaterra (BoE) manteve a taxa de juros estável em 0,5% e aumentou seu programa de recompra de títulos em 50 bilhões de libras, para 175 bilhões de libras.

A leitura dos agentes foi que, ao elevar a compra de ativos no mercado, o BoE acena que a situação econômica ainda é muito ruim no país. O euro também perdeu espaço para a moeda americana.

veja também