MENU

Dólar volta a se aproximar dos R$ 2

Dólar volta a se aproximar dos R$ 2

Atualizado: Quarta-feira, 20 Maio de 2009 as 12

A cotação do dólar no mercado brasileiro parece não ter encontrado piso. Depois de atingir a menor cotação em sete meses e meio, o dólar volta a operar em baixa nesta quarta-feira (20).

Por volta das 14h35, a moeda norte-americana era vendida a R$ 2,018, em queda de 0,83% frente ao real.

De acordo com dados divulgados pelo Banco Central nesta quarta-feira mostram que o fluxo de entrada de dólares na economia brasileira já passou de US$ 2 bilhões nos primeiros dez dias úteis de maio, já superando o resultado positivo de todo o mês de abril.

A entrada da moeda no país continua forçando para baixo a cotação, que na véspera levou o dólar a fechar em baixa de 1,97%, a R$ 2,035 para venda, menor patamar de fechamento desde 2 de outubro, quando atingiu R$ 2,021.

Análise

"Esse cenário externo mais brando, o fluxo de entrada de recursos no país e a redução das posições compradas no mercado futuro são variáveis que têm dado ao dólar uma tendência de queda nos últimos dias", resumiu Jorge Knauer, gerente de câmbio do Banco Prosper.

Desde a cotação máxima do ano, atingida no início de março, o dólar já caiu mais de 17% ante o real. Apenas em maio, a divisa norte-americana acumula queda de cerca de 7%. "Ele ainda deve buscar o patamar de R$ 2, R$ 2,01", acrescentou Knauer.

Apostas

A recente depreciação do dólar coincide com a forte redução das apostas na alta da divisa norte-americana no mercado futuro. Tais apostas pressionaram muito o mercado de câmbio doméstico nos piores momentos da crise.

De acordo com os dados mais recentes disponibilizados pela BM&F, os investidores estrangeiros apresentavam na terça-feira menos de US$ 1,3 bilhão em posições compradas no mercado futuro da divisa norte-americana.

Essas posições chegaram a superar US$ 14 bilhões em meados de novembro de 2008 e no início de março deste ano.

veja também