MENU

Economia deve ter desaceleração mais forte no 2º semestre, diz Serasa

Economia deve ter desaceleração mais forte no 2º semestre, diz Serasa

Atualizado: Sexta-feira, 24 Junho de 2011 as 10:26

A economia brasileira deverá registrar desaquecimento mais intenso no segundo semestre, segundo aponta indicador da Serasa Experian que antevê os movimentos cíclicos da atividade econômica. O índice recuou 0,1% em abril, na comparação com o mês passado, atingindo o valor de 100. "As quedas marginais dos últimos meses (o indicador acumula variação negativa de 0,2% desde outubro/2010) revelam que o processo de desaquecimento da economia mostra-se bastante gradual e vai continuar assim", disse a Serasa, por meio de nota divulgada nesta sexta-feira (24).

Na avaliação dos economistas da Serasa, as medidas macroprudenciais adotadas pelo governo federal desde o fim do ano passado, assim como a implementação dos cortes orçamentários, serão responsáveis por dar "moderação" ao ritmo de crescimento econômico a partir do segundo trimestre.

Perspectivas

Ainda que esteja prevista desaceleração da atividade econômica, a economia seguirá evoluindo "próximo ao potencial". No entanto, como prevê a Serasa, ficará aquém do que seria ideal para atingir a meta de inflação proposta pelo Banco Central. "Neste sentido, permanecem elevadas as chances de elevação adicional da taxa básica de juros por parte da autoridade monetária", afirmou.          

veja também