MENU

Eletrobras negocia com CAF captação de US$500 milhões

Eletrobras negocia com CAF captação de US$500 milhões

Atualizado: Segunda-feira, 20 Setembro de 2010 as 2:30

A Eletrobras está em processo de negociação com a Corporación Andina de Fomento (CAF) para captar 500 milhões de dólares como parte do objetivo de levantar 4 bilhões dólares que serão equilibrados pelos recebíveis da usina binacional de Itaipu.

O valor de 500 milhões já foi aprovado pelo conselho de administração da Eletrobras, assim como outros 500 milhões de dólares junto ao Banco Mundial, cujo contrato já está sendo concluído, disse José Antonio Muniz, presidente da estatal.

"O dinheiro do Banco Mundial será destinado à reestruturação das nossas empresas de distribuição", disse o executivo, afirmando que ainda não existe destino específico para o dinheiro que virá da CAF.

O conselho da estatal de energia também já aprovou emissão de mais 1 bilhão de dólares em bônus, mas a companhia está no momento "avaliando a situação do mercado", disse Muniz, durante evento de associação de empresários de marketing em São Paulo.

Os 2 bilhões de dólares restantes deverão ser solicitados ao conselho da Eletrobras em um prazo ainda não definido.

"Isso acontece para que no final do ano o balanço não seja alterado por um valor fictício", disse Muniz, em referência a eventuais oscilações acentuadas do câmbio.

O executivo comentou que além dos 4 bilhões de dólares que a Eletrobras pretende levantar, existe a possibilidade de outros 1,5 bilhão de dólares vindos de instituições financeiras francesas, caso a companhia Areva forneça os equipamentos para construção da usina nuclear Angra 3. "Talvez seja mais uma forma de captar", completou Muniz.

A Eletrobras está buscando o mercado financeiro para aproveitar os cerca de 4 bilhões de dólares em recebíveis de Itaipu e com isso gerar um hedge natural para seu balanço financeiro em caso de variações bruscas do câmbio.

Postado por: Guilherme Pilão

veja também