Em Abril, taxa do desemprego cai 4,9% e registra menor taxa para o mês da série histórica

Fonte: O GLOBO - EconomiaAtualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:01

empregoA taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do país (Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Porto Alegre, Belo Horizonte e Salvador) ficou em 4,9% em abril, de acordo com dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgada nesta quinta-feira pelo IBGE. É a menor taxa para o mês desde o início da série histórica, iniciada em março de 2002.
A previsão de analistas era de que a taxa ficasse entre 5% e 5,3%. Em março, o desemprego foi de 5%. E, em abril de 2013, de 5,8%.

A renda real (descontada a inflação) habitual foi de R$ 2.028,00, o que representa uma queda de 0,6% frente a março e uma alta de 2,6% em comparação com abril de 2013, quando tinha sido de R$ 1.977,24.

Já a massa de rendimento real habitual (soma de todos os rendimentos das pessoas ocupadas da amostra) foi de R$ 47,2 bilhões, o que representa uma queda de 0,5% em relação a março.
A Pesquisa Mensal de Emprego divulgada pelo IBGE revelou, ainda, que a população ocupada no país era de 22,9 milhões em abril, o que indica estabilidade frente ao mês anterior e a abril de 2013. Também não houve variação significativa na população desocupada, que ficou em 1,2 milhão de pessoas.

Considerando o resultado por regiões, a taxa de desemprego ficou estável em todas as áreas na comparação com março. No Rio, a taxa foi de 3,5% em abril no Rio, frente aos 3,5% de março, mas recuou 1,3 ponto percentual na comparação com os 4,8% de abril de 2013.

Em São Paulo, a taxa ficou em 5,2% em abril, contra 5,7% em março e 6,7% em abril de 2013. A maior taxa de desemprego foi em Salvador, de 9,1%, que avançou 1,4 ponto percentual frente aos 7,7% de abril do ano anterior.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições