MENU

Em SP, roupas ficam mais caras no início de maio, mostra Fipe

Em SP, roupas ficam mais caras no início de maio, mostra Fipe

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2011 as 11:28

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na capital paulista, desacelerou para 0,64% na primeira prévia de maio, após ter fechado abril com alta de 0,70%, segundo levantamento divulgado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta terça-feira (10).

Dos sete grupos pesquisados, dois registraram desaceleração da alta de preços em relação ao fechamento de abril. Os preços do grupo habitação, que haviam subido 0,35% em abril, apresentaram a mesma alta na primeira quadrissemana de maio.

No grupo alimentação, os preços saíram de uma alta de 0,46% no mês passado para um avanço de 0,30% na primeira pesquisa deste mês. O grupo transportes, que registrara alta de 1,44% no último levantamento, desacelerou para 1,14%.

No grupo despesas pessoais, os preços aceleraram de 0,85% para 0,88% em abril. Os preços do grupo saúde tiveram alta de 1,59%, contra 1,55% com que encerraram o mês de abril. Em vestuário, os preços haviam apresentado alta de 0,68% no mês passado e agora aceleraram para 1,02%. Em educação, os preços saíram de uma alta de 0,04% no levantamento de abril para alta de 0,08% neste início de mês.  

veja também