MENU

Emissoras de rádio e TV chinesas montam escritórios no Brasil

Emissoras de rádio e TV chinesas montam escritórios no Brasil

Atualizado: Terça-feira, 21 Dezembro de 2010 as 8:59

Emissoras de rádio e televisão da China escolheram o Brasil para instalar seus escritórios regionais na América Latina, sendo que o primeiro deles será inaugurado nesta terça-feira em São Paulo e estará em pleno funcionamento no início de 2011, informaram à Agência Efe fontes autorizadas. A emissora nacional de televisão chinesa "CCTV", com canais também em inglês, espanhol e francês, contará em São Paulo com 15 funcionários em sua nova etapa de expansão internacional.

A "Rádio Internacional da China" ("CVI") abrirá no início de 2011 seu escritório regional para a América Latina também no Brasil, no Rio de Janeiro, "onde serão organizadas a Copa do Mundo de 2014, os Jogos Olímpicos de 2016 e provavelmente também em 2015 a Copa América de Futebol", disseram nesta terça-feira fontes da emissora à Efe.

A delegação-geral regional da "CVI" contará em princípio com dois funcionários chineses, um deles de fala portuguesa, vinculando também os correspondentes em espanhol já existentes em Buenos Aires, Cidade do México e no próprio Rio de Janeiro.

A emissora também será a encarregada por transmitir via satélite os programas produzidos em espanhol na sede central de Pequim, como já a "CVI" já faz em Tijuana, no México, pelo acordo de cooperação com a emissora local "Hispana AM 1470". Tais programas são especialmente destinados ao público hispânico dos Estados Unidos.

"Essa é a ideia: buscar a cooperação com emissoras locais para transmitir nossos programas, no modelo do sistema implantado pela 'BBC' e que desejamos seguir para nossa expansão internacional", disse nesta segunda-feira à Agência Efe uma fonte autorizada da emissora nacional de rádio chinesa.

A rede de televisão chinesa "CCTV" já conta na América Latina com correspondentes em espanhol na Argentina e Cuba. Até o fim deste ano, pretende tê-los também na Venezuela, México e Brasil.

Apesar dos 15 funcionários enviados expressamente desde a sede central da "CCTV" em Pequim, a rede de televisão chinesa também buscará, tal como a "CVI", cooperação com emissoras locais em cada país, disseram fontes autorizadas.

Com o escritório regional que será inaugurado nesta terça em São Paulo, a "CCTV" eleva para três o número de instalações no continente americano, onde já conta com uma em Washington e outra no Canadá. EFE

veja também