MENU

Empreendedores do DF têm oportunidade de formalizar serviços

Empreendedores do DF têm oportunidade de formalizar serviços

Atualizado: Segunda-feira, 22 Fevereiro de 2010 as 12

Mais de 5 mil microempresários e trabalhadores informais do Distrito Federal visitaram a Feira do Empreendedor Individual, no Gama, cidade a cerca de 30 quilômetros de Brasília. No evento, promovido de sexta-feira, dia 19, até ontem, dia 21, os interessados assistiram a palestras e puderam começar o processo de formalização da atividade, com cadastro feito em estande da administração da cidade.

Segundo a Secretaria do Trabalho do Distrito Federal, o trabalhador autônomo pode tornar-se um empreendedor individual com pagamento de imposto único de até R$ 57,15. Assim, ele garante direitos como aposentadoria, auxílio-doença e licença-maternidade e maior facilidade no acesso ao crédito, com taxas mais baixas.

"Há vários benefícios para o empresário, como aposentadoria, por exemplo, e os recursos arrecadados pelo governo podem ser usados para concessão de microcrédito", afirmou o coordenador da feira, Valter Pereira de Souza.

A microempreendedora Maria Quitéria Ferreira, que trabalha com confecção e venda de roupas e acessórios femininos, aproveitou o evento para iniciar o processo de formalização. Segundo ela, que atua há cerca de 10 anos no segmento, com a formalização fica mais fácil conseguir bons fornecedores e divulgar melhor o empreendimento para os clientes.

"É necessário [se formalizar] para crescer nesse ramo. Na informalidade, não há muitas oportunidades. Não podemos fazer compra por atacado. Tudo é como pessoa física", conta.

O evento foi também uma oportunidade para o fotógrafo Genézio Mota se informar sobre a formalização e participar de uma palestra sobre como planejar e organizar custos, despesas e preços de vendas. "Agora vou começar a organizar os meus custos e despesas e espero com isso passar a ter mais lucros", afirmou.

O palestrante Aderson Fonseca, consultor financeiro do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal (Sebrae-DF), enfatiza que a ideia é ensinar aos microempresários a planejar da forma correta. "Às vezes, o microempreendedor acha que sabe planejar, mas faz errado. A palestra ajuda a iniciar o planejamento da forma correta", disse.

Em todo o país, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, são cerca de 11 milhões de trabalhadores.

Para saber como ser um empreendedor individual, o interessado pode acessar o site da Secretaria de Trabalho do Distrito Federal (www.trabalho.df.gov.br) ou o Portal do Empreendedor (www.portaldoempreendedor.gov.br) do Governo Federal.

Por: Kelly Oliveira

veja também