MENU

EUA defendem reformas no sistema financeiro mundial e ratificam importância do G20

EUA defendem reformas no sistema financeiro mundial e ratificam importância do G20

Atualizado: Quarta-feira, 12 Novembro de 2008 as 12

EUA defendem reformas no sistema financeiro mundial e ratificam importância do G20

O subsecretário de Assuntos Internacionais do Tesouro dos Estados Unidos, David McCormick, defendeu neste domingo, dia 9 de novembro, reformas no sistema financeiro internacional e afirmou que o G20 é a instituição mais preparada para estruturá-las.

"O G20 me parece ser a instância mais apropriada para essa discussão", afirmou, em entrevista coletiva concedida após o encerramento da reunião do grupo, em São Paulo.

McCormick disse que o encontro do G20 foi construtivo, pois trouxe à tona argumentos e necessidades de vários países acerca da crise econômica.

O subsecretário destacou também a relevância do próximo encontro do G20, desta vez com os chefes de Estado, que acontecerá em Washington, nos Estados Unidos, no próximo dia 15. Ele reconheceu que os EUA têm grande parcela de responsabilidade sobre a situação da economia global e, por isso, estão comprometidos em encontrar as soluções.

"Somos favoráveis, somos líderes e estamos comprometidos com as mudanças", afirmou ele, ressaltando que a recuperação da economia norte-americana também significará a recuperação da economia mundial.

O subsecretário ainda falou sobre a importância do fortalecimento de instituições como o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial. McCormick apontou a Rodada Doha como fator decisivo para evitar a recessão mundial.

A rodada também foi citada no comunicado da reunião do G20. No documento, assinado por todos os países partticipantes, as negociações multilaterais são citadas como alternativa para que o comércio mundial não decresça e para que países não usem medidas protecionistas para tentar mitigar efeitos negativos da crise sobre seu mercado interno.

veja também