MENU

Expansão manufatureira e de serviços desacelera na zona do euro

Expansão manufatureira e de serviços desacelera na zona do euro

Atualizado: Segunda-feira, 23 Maio de 2011 as 9:41

LONDRES, 23 DE MAIO - O crescimento do setor de serviços da zona do euro desacelerou mais que o esperado neste mês e as manufatureiras da região puseram o pé no freio diante do aumento menor das novas encomendas, mostraram pesquisas nesta segunda-feira.

Os levantamentos preliminares indicam uma expansão econômica um tanto menor na zona do euro durante o segundo trimestre. Preocupando os formuladores de políticas, ainda há uma grande diferença entre o desempenho de França e Alemanha e das economias mais fracas do bloco de 17 nações. Porém, eles podem comemorar que a inflação não subiu com tanta força.

O índice Markit do setor de serviços da zona do euro caiu de 56,7 em abril para 55,4 em maio, menor nível desde dezembro. Economistas previam uma leitura de 56,5, mas ainda é o 21o mês em que o índice fica acima da marca de 50 que separa crescimento de contração.

O índice do setor manufatureiro caiu de 58,0 em abril para 54,8 em maio, resultado bem menor que as expectativas de 57,4. O índice de produção caiu de 60,2 para 55,3.

O índice composto, medida ampla do setor privado que combina os dados manufatureiros e de serviços, caiu de 57,8 para 55,4, abaixo das previsões de 57,4.

O Markit disse que o índice composto é consistente com um crescimento de 0,7 por cento no segundo trimestre em relação ao período anterior. Economistas consultados pela Reuters neste mês previram uma expansão trimestral de 0,4 por cento.

(Por Jonathan Cable)

veja também