MENU

Exportações para a China animam criadores de suíno de SC

Exportações para a China animam criadores de suíno de SC

Atualizado: Quarta-feira, 13 Abril de 2011 as 10:35

Criadores de suíno de Santa Catarina estão otimistas com a liberação das exportações de carne para a China. O aumento nas exportações pode ajudar na recuperação do preço.

O momento é de expectativa. O produtor Geovan Petry, de Chapecó, tem cerca de 300 suínos na propriedade. A meta é aumentar a produção, mas por enquanto o preço de mercado não é dos melhores. O anúncio do governo chinês de liberar a importação da carne suína brasileira traz uma nova esperança.

Santa Catarina é o segundo maior exportador da carne suína do país, só no ano passado 145 mil toneladas foram comercializadas. Como a China a partir de agora vai comprar a carne brasileira existe a possibilidade desse número chegar a 200 mil toneladas, quantidade que anima o produtor.

Há cinco meses uma comitiva vinda da China esteve no Brasil. Três frigoríficos foram liberados pelo governo chinês para exportar a carne suína para aquele país. A Aurora foi a escolhida do estado. De acordo com o presidente da agroindústria, uma nova missão deve chegar ao Brasil em 60 ou 90 dias para mais uma fiscalização. “Eu espero que o Brasil consiga 10% ao ano de crescimento e exportação”, disse Mário Lanznaster.      

veja também