MENU

FGV: preço do limão, feijão e alho recua no varejo

FGV: preço do limão, feijão e alho recua no varejo

Atualizado: Quarta-feira, 19 Janeiro de 2011 as 1:10

Entre os produtos no varejo, as altas de preços mais expressivas na segunda prévia do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) de janeiro foram apuradas em tarifa de ônibus urbano (2,26%); tomate (32,98%); e cenoura (27,43%). Já as mais significativas quedas de preços foram registradas em limão (-20,12%); feijão carioquinha (-12,87%); e alho (-3,13%).

No varejo, a inflação apurada pelo IPC-M acumula elevação de 5,94% em 12 meses, até a segunda prévia do IGP-M de janeiro, anunciada hoje pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) - sendo que o IPC-M representa 30% do total do IGP-M.

Segundo a FGV, a taxa mais elevada do IPC-M na passagem da segunda prévia do IGP-M de dezembro para igual prévia do mesmo indicador em janeiro (de 0,81% para 0,85%), foi influenciada principalmente por acréscimos nas taxas de variação de preços em quatro das sete classes de despesa pesquisadas para cálculo do indicador. É o caso de despesas diversas (de 0,33% para 0,72%); saúde e cuidados pessoais (de 0,49% para 0,51%); educação, leitura e recreação (de 0,36% para 1,54%); e transportes (de 0,51% para 1,24%).

Já as três classes de despesa restantes apresentaram desaceleração de preços. É o caso de alimentação (de 1,66% para 1,33%); vestuário (de 0,98% para 0,59%); e habitação (de 0,39% para 0,23%).  

veja também