MENU

Fiat anuncia divisão do grupo e incremento da parceria com a Chrysler

Fiat anuncia divisão do grupo e incremento da parceria com a Chrysler

Atualizado: Quinta-feira, 22 Abril de 2010 as 12

O CEO da Fiat, Sergio Marchionne, disse nesta quarta-feira que o conglomerado vai separar sua divisão de veículos comerciais e automotivos em duas empresas diferentes para criar uma empresa global automobilística - incluindo a sua aliança com a Chrysler LLC - capaz de produzir 6 milhões de carros por ano.

A separação dividirá negócios com diferentes níveis de risco e de investimento, que permitirá que cada setor tome as melhores e faça as melhores alianças para si, disse Marchionne.

- Acreditamos que é hora de avançar com a separação -, disse Marchionne disse a analistas após a apresentação do plano quinquenal da empresa.

- É o momento certo para fazê-lo. Se nós podemos fazer agora, podemos resistir a qualquer evento - garantiu.

Marchionne disse que a Fiat, não tomou esta decisão antes porque precisava da força coletiva de todos os seus negócios para alterar o curso da empresa, uma vez que ele assumiu o negócio em 2004. Naquela época, o setor automotivo da empresa dependia fortemente no industrial.

- Agora, porém, o processo foi concluído e não há razão para manter unidos setores que operam com uma lógica tão diferente. A estrutura existente já não é útil -, disse Marchionne.

A separação do setor industrial será agrupada em Indústrias Fiat SpA, composta de máquinas agrícolas e de construção CNH, Iveco e FPT Industries e atividades marítimas.

A Inclua Fiat SpA Grupo Fiat Automóveis, que inclui as marcas Fiat, Alfa Romeo e Lancia, Maserati e de 85% e de Ferrari, e os componentes e ativos do setor.

A Fiat prevê que a nova Fiat, a empresa automotiva, terá uma receita de US$ 86,310 milhões em 2014, enquanto a Fiat Industrial deverá atingir 29 milhões de euros.

veja também