MENU

Fim da recessão nos EUA anima bolsas da Ásia

Fim da recessão nos EUA anima bolsas da Ásia

Atualizado: Sexta-feira, 30 Outubro de 2009 as 12

A maioria das bolsas de valores da Ásia terminou em alta nesta sexta-feira, 30 de outubro, após registrarem a pior queda em dois meses, com investidores encorajados pelo retorno dos Estados Unidos ao crescimento econômico, o que reforçou a confiança sobre a força da recuperação.

Os papéis negociados em Tóquio ganharam 1,45%, conduzidos por companhia do setor de tecnologia com melhores perspectivas de lucro, como a Pioneer. Cingapura avançou 0,71%, Hong Kong teve alta de 2,29% e Sydney subiu 1,5%. A bolsa de Xangai subiu 1,2%, depois de sólidos resultados de importantes instituições financeiras chinesas impulsionarem o segmento bancário.

Na contramão, Seul recuou 0,33%, apesar de um conjunto de fortes dados econômicos domésticos, com investidores cautelosos sobre a projeção do quarto trimestre. Às 8h03 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne as principais bolsas da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 1,16%, para 393 pontos.

Analistas disseram que a expansão anualizada de 3,5% da economia norte-americana durante o terceiro trimestre apontou mais crescimento à frente graças ao reabastecimento de estoques empresariais e aos gastos do governo. "O número do PIB sustentou um ambiente melhor de crescimento econômico. As ações de maior risco estão encontrando mais suporte", afirmou Leigh Gardner, diretor de distribuição do RBS Australia.

veja também