MENU

FMI: Grécia precisa cortar mais 4,6 bi de euros em 2012

FMI: Grécia precisa cortar mais 4,6 bi de euros em 2012

Atualizado: Quarta-feira, 21 Setembro de 2011 as 9:40

A Grécia ainda precisa encontrar uma forma de cortar mais 4,6 bilhões de euros no orçamento do ano que vem para atingir as metas de redução do déficit, segundo o relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI), apresentado ao conselho executivo do fundo na semana passada.

As autoridades da Grécia estão negociando com a Comissão Europeia, FMI e Banco Central Europeu (BCE) - a chamada troica - as medidas de austeridade que o país precisa adotar para receber a próxima parcela do pacote de resgate de 110 bilhões de euros. Os gregos precisam da parcela de 8 bilhões de euros para pagar suas contas em outubro e evitar um default (calote). "Nós estamos discutindo os principais parâmetros para o orçamento de 2012", diz o relatório.

Segundo o documento, os dados sobre a economia na Grécia no segundo trimestre são "muito ruins". O relatório diz ainda que existem indícios iniciais de que não houve melhora nos dados do terceiro trimestre. O FMI agora prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) grego vai ter uma contração de 5,5% neste ano e 2,5% em 2012.

A equipe de analistas do fundo afirma que todas as 120 medidas combinadas no pacote internacional de resgate "vão ser implementadas antes de nós trazermos um programa para o conselho analisar. Sobre isso não há dúvida". Mas o relatório afirma que "nós claramente encontramos limitações administrativas da parte do governo para implementar algumas dessas medidas". As informações são da Dow Jones.      

veja também