MENU

França e Alemanha crescem menos que o esperado no 4º trimestre

França e Alemanha crescem menos que o esperado no 4º trimestre

Atualizado: Terça-feira, 15 Fevereiro de 2011 as 9:15

As economias de França e Alemanha cresceram menos que o esperado no quarto trimestre (outubro a dezembro) de 2010, sugerindo que a zona do euro possa não ter acelerado após o desempenho fraco do período de julho a setembro.

O PIB (Produto Interno Bruto, soma das riquezas produzidas por um país) da Alemanha aumentou 0,4%, ante expectativa de 0,5%. Na França, a expansão foi de 0,3%, apenas metade do esperado.

As economias de França e Alemanha representam quase metade do bloco formado pelos países da zona do euro (que usam a moeda comum).

No ano passado como um todo, o PIB francês cresceu 1,5%. O bom desempenho tanto do mercado doméstico do país como das exportações favoreceu o resultado.

A ministra da Economia, Christine Lagarde, elogiou o “retorno do crescimento”, lembrando que a previsão é a de que o PIB do país cresça 2% em 2011. Ela disse que a ligeira desaceleração do crescimento econômico no quarto trimestre refletiu as greves ocorridas em outubro em protesto pela reforma da previdência.

O consumo interno teve alta de 1,6% em 2010, após a alta de 0,3% no quarto trimestre. As despesas com energia em decorrência do rigoroso inverno e as vendas de automóveis (aumentaram 8,8% no último trimestre) aceleraram a demanda interna no final do ano. Já a perda de força das exportações coincidiu com uma queda maior nas importações.

Já na Alemanha a economia teve, em 2010 como um todo, um crescimento de 3,6%. Segundo analistas do Destatis (Escritório Federal de Estatística, na sigla em alemão), apesar da redução do crescimento econômico no último trimestre do ano passado, a tendência continua sendo positiva.

veja também