MENU

Frigoríficos brasileiros suspendem vendas ao Egito

Frigoríficos brasileiros suspendem vendas ao Egito

Atualizado: Sábado, 5 Fevereiro de 2011 as 11:01

A crise política no Egito começa a afetar o comércio do país com o Brasil e a preocupar empresários.

Diante da instabilidade do governo do ditador Hosni Mubarak e dos confrontos de rua nas cidades, os frigoríficos brasileiros decidiram ontem suspender o embarque de carne bovina para o país africano.

O presidente da Abiec (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne Brasileira), Antônio Jorge Carmadelli, ainda não sabe informar qual é o prejuízo causado pelo cancelamento dessas exportações.

O Egito é o terceiro principal mercado de carne bovina brasileira, atrás da Rússia e do Irã. No ano passado, comprou US$ 410 milhões em carne do Brasil.

Carmadelli disse que os frigoríficos estão preocupados com o risco de as mercadorias ficarem paradas nos portos das cidades de Alexandria e Porto Said.

As empresas que já têm contratos assinados com o país estão reduzindo sua produção, de acordo com a associação brasileira.

veja também