MENU

Frutas e roupas sobem mais e IPC-S acelera em prévia, diz FGV

Frutas e roupas sobem mais e IPC-S acelera em prévia, diz FGV

Atualizado: Quinta-feira, 8 Dezembro de 2011 as 9:23

A inflação medida pelo Índide de Preços ao Consumidor-Semanal acelerou para 0,63% na primeira prévia de dezembro - taxa 0,10 ponto percentual superior à apurada na apuração anterior, segundo informou, nesta quinta-feira (8) a Fundação Getulio Vargas (FGV). Esse foi o maior resultado desde a segunda semana de setembro de 2011, quando o indicador ficara em 0,69%.

Na primeira semana de dezembro, as sete classes de despesa avaliadas pela FGV aceleraram, com destaque partindo de alimentação (de 0,78% para 0,94%), vestuário (de 0,87% para 1,20%) e transportes (de 0,08% para 0,20%). As maiores influências, dentro desses grupos de despesas, partiram de frutas (de 2,20% para 4,12%), roupas (de 0,97% para 1,24%) e gasolina (de -0,16% para 0,16%).

Também apresentaram alta os grupos educação, leitura e recreação (de 0,39% para 0,47%), habitação (de 0,52% para 0,55%), saúde e cuidados pessoais (de 0,43% para 0,50%) e despesas diversas (de 0,41% para 0,45%).

Nesses grupos, os destaques ficaram com passagem aérea (de 10,93% para 17,06%), tarifa de eletricidade residencial (de 1,35% para 1,79%), artigos de higiene e cuidado pessoal (de 0,58% para 0,79%) e cerveja (de 2,74% para 3,96%).    

veja também