MENU

Fundador vai substituir Eric Schmidt na presidência do Google

Fundador vai substituir Eric Schmidt na presidência do Google

Atualizado: Sexta-feira, 21 Janeiro de 2011 as 9:39

O presidente-executivo do Google Eric Schmidt irá deixar o cargo para dar lugar ao cofundador da empresa Larry Page, em um anúncio surpreendente que vem depois de a companhia divulgar resultado trimestral acima das expectativas.

As ações da empresa de Internet subiram cerca de 2%, para US$ 639, no after-market.

Schmidt, que ocupou o cargo em março de 2001, deixará o dia-a-dia da operação como presidente-executivo e passará a comandar o conselho de administração da empresa.

Após a mudança, marcada para 4 de abril, Schmidt deverá trabalhar com "foco em acordos externos, parcerias, consumidores, e relações mais amplas de negócios", como afirma o comunicado oficial emitido pela empresa na divulgação de resultados.

"Internamente, ele [Schmidt] continuará a atuar como um conselheiro para Larry e Sergey [Brin, também co-fundador do Google]".

O Google disse que as mudanças na diretoria foram feitas como parte de um plano para simplificar a estrutura decisória e tornar mais claras as responsabilidades dos principais executivos.

No Twitter, Schmidt brincou ao dizer que agora o Google não precisa mais da "supervisão de um adulto" para funcionar, uma referência à juventude de Page e Brin. Quando foi contratado para presidir a empresa, em 2001, Schmidt tinha 45 anos. Page e Brin tinham 27. "Larry está pronto para liderar", afirmou Schmidt em texto publicado no blog oficial da empresa.

Larry Page e Sergey Brin fundaram o Google em 1998. A empresa nasceu como projeto na universidade de Stanford, no Vale do Silício, e atualmente ocupa um campus na cidade de Menlo Park. Brin também terá nova função na companhia. Segundo o comunicado, ele vai "dedicar sua energia a projetos estratégicos, em especial no trabalho com novos produtos".

A mudança abrupta no comando do Google ocorre após o presidente-executivo da Apple, Steve Jobs, ter anunciado uma licença médica, deixando Tim Cook no comando das operações diárias da empresa.

Resultados

O Google também divulgou resultado para o quarto trimestre, que superou as previsões de Wall Street. A receita líquida, que exclui as tarifas pagas a sites parceiros, foi de US$ 6,37 bilhões, contra estimativa média de analistas de US$ 6,06 bilhões de dólares, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

O lucro líquido excluindo itens foi de US$ 8,75 por ação, acima dos US$ 8,10 por ação projetados por analistas.

veja também