MENU

Gasto de brasileiro no exterior atinge em junho maior valor desde o agravamento da crise

Gasto de brasileiro no exterior atinge em junho maior valor desde o agravamento da crise

Atualizado: Terça-feira, 28 Julho de 2009 as 12

Os gastos de brasileiros com viagens internacionais chegaram a US$ 987 milhões em junho deste ano, o maior valor desde setembro de 2008 (US$ 1,124 bilhão), quando a crise financeira internacional se agravou. As informações foram divulgadas ontem, 27 de julho, pelo Banco Central (BC).

Segundo o chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, o aumento recente dos gastos de brasileiros no exterior se deve à queda do dólar, o que torna as viagens mais baratas. Neste mês, até ontem, 27 de julho, as despesas de brasileiros no exterior somam US$ 813 milhões.

Mas gastos de brasileiros no exterior devem superar as receitas de estrangeiros no país. De acordo com a previsão do BC, a conta de viagens deve fechar o ano deficitária em US$ 3 bilhões. Em junho, o déficit foi de US$ 584 milhões e, segundo os dados preliminares, está em US$ 493 milhões em julho.

Nos dados preliminares deste mês, os gastos de estrangeiros em viagem ao Brasil estão em US$ 320, enquanto em junho somaram US$ 403 milhões. Em setembro do ano passado, o valor era de US$ 468 milhões.

De janeiro a junho deste ano, o déficit na conta de viagens somou US$ 1,887 bilhão, com gastos de estrangeiros no Brasil de US$ 2,567 bilhões e despesas de brasileiros no exterior de US$ 4,454 bilhões.

No mesmo período do ano passado, o déficit foi de US$ 2,635 bilhões, resultado de despesas de estrangeiros no país de US$ 2,899 bilhões e gastos de brasileiros no exterior de US$ 5,534 bilhões.

veja também