MENU

GM anuncia investimento de R$ 700 milhões na fábrica de São Caetano -SP

GM anuncia investimento de R$ 700 milhões na fábrica de São Caetano -SP

Atualizado: Segunda-feira, 31 Maio de 2010 as 4:02

A GM (General Motors) anunciou nesta segunda-feira que vai investir mais de R$ 700 milhões na unidade de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, montante que vai se somar aos R$ 1,35 bilhão já anunciados em março, totalizando R$ 2,05 bilhões na modernização da planta e na adequação à produção de novos modelos.

Completando o investimento total de R$ 5,07 bilhões no Brasil, para o período de 2008 a 2012, a GM já investiu R$ 1,4 bilhão em Gravataí (RS), R$ 800 milhões no Complexo de São José dos Campos (SP), R$ 600 milhões no centro tecnológico de São Caetano e no campo de provas de Indaiatuba (SP).

Em São Caetano, os aportes serão usados para a ampliação da capacidade de produção em 30% e para o desenvolvimento de dois novos modelos de carros, que devem ser lançados em meados de 2011.

No acumulado do ano até abril, a GM respondeu por 20,41% dos automóveis e comerciais leves emplacados no país, ocupando a terceira posição, praticamente empatada com a Volkswagen (20,46%), de acordo com os dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), que aponta a Fiat na liderança (22,36%).

Outras montadoras

Segundo a Anfavea (associação das montadoras), os investimentos da indústria automobilística brasileira entre 2010 e 2012 devem somar US$ 11,2 bilhões, bem acima do triênio anterior (2007 a 2009), quando ficaram em US$ 8,1 bilhões.

Os recursos serão direcionados para o desenvolvimento de produtos, tecnologia e melhoria de processos, mas o dirigente não detalhou em quanto seria ampliada a capacidade instalada do setor, que atualmente está em 4,3 milhões de veículos. No ano passado, foram produzidos 3,2 milhões.

A Volkswagen anunciou aportes de R$ 6,2 bilhões para o período de 2010 a 2014, o maior já feito no Brasil. Já a concorrente Fiat vai investir neste ano cerca de R$ 1,8 bilhão para concluir o plano previsto para o período de 2008 a 2010 (R$ 5 bilhões).

A Ford divulgou aportes de R$ 4,5 bilhões para o intervalo de 2011 a 2015, e a Renault, R$ 1 bilhão entre 2010 e 2012.

veja também