MENU

Governo adia decisão de reduzir etanol na gasolina

Governo adia decisão de reduzir etanol na gasolina

Atualizado: Quinta-feira, 28 Julho de 2011 as 9:52

O governo federal adiou por 30 dias a decisão de reduzir a mistura do etanol na gasolina. Atualmente, o porcentual é de 25%, mas há estudos para diminuir essa quantidade para 20%. Na avaliação do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, "não há desabastecimento de etanol e, muito menos, de gasolina" que exigisse uma alteração neste momento.

"Concluímos que o mercado está bem abastecido", afirmou o ministro."Nós decidimos então não fazer nenhuma alteração neste momento. Marcamos uma nova reunião para daqui a 30 dias quando tomaremos as decisões que eventualmente forem necessárias", acrescentou Lobão, após reunião realizada ontem à noite, na sede de seu ministério, com representantes das pastas da Fazenda, Desenvolvimento e Agricultura, além da Petrobras e Agência Nacional do Petróleo (ANP), entre outros.

Segundo Lobão, se o governo decidir, no final de agosto, que é necessária uma mudança no porcentual de etanol na gasolina, a medida entrará em vigor a partir do dia 30 de setembro para que as empresas tenham tempo para fazer os ajustes necessários.

O ministro disse ainda que o governo vai editar, dentro de dez dias, uma medida provisória que trata de incentivos, como financiamento, para estimular a produção e armazenagem de etanol. Segundo Lobão, será criada uma linha de crédito, com juros mais baixos e prazos maiores, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Banco do Brasil, para atender aos produtores e distribuidores que querem estocar etanol.            

veja também