MENU

Governo cancela cerca de 710 mil benefícios do Bolsa Família

Governo cancela cerca de 710 mil benefícios do Bolsa Família

Atualizado: Segunda-feira, 8 Fevereiro de 2010 as 12

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome cancelou, em fevereiro, o pagamento do programa Bolsa Família a 709.904 beneficiários que não atualizaram os seus dados cadastrais até 31 de outubro de 2009. Um decreto presidencial de março de 2008 determina que a atualização cadastral deva ser feita a cada dois anos.

Segundo o ministério, no ano passado, 3,4 milhões de famílias precisavam renovar as informações no Cadastro Único, base de dados dos programas sociais do governo federal. Com o trabalho realizado até 31 de outubro pelos gestores municipais do Bolsa Família, restaram 975.601 domicílios, que tiveram os benefícios bloqueados em novembro. O bloqueio significa que, embora o recurso do Bolsa Família seja depositado na conta do beneficiário, o valor só pode ser retirado assim que for cumprida a atualização dos dados cadastrais.

Após o bloqueio dos benefícios, mais 265 mil famílias procuraram as prefeituras para atualizar os dados. Aqueles que não o fizeram (quase 710 mil) tiveram seu benefício cancelado.

O Estado de São Paulo foi o que teve o maior número de benefícios cancelados em todo o Brasil, com 133.992, seguido pela Bahia (67.986) e por Minas Gerais (67.630). Entre os Estados que tiveram menos cancelamentos estão Roraima (666), Amapá (2.338) e Acre (3.315).

veja também