MENU

Governo faz convênio com aéreas para evitar problemas de fim de ano

Governo faz convênio com aéreas para evitar problemas de fim de ano

Atualizado: Sexta-feira, 2 Dezembro de 2011 as 3:27

O Governo Federal divulgou nesta sexta-feira (2) uma série de medidas para preparar os aeroportos para o período de fim de ano, quando o volume de passageiros é maior. O objetivo é evitar problemas como excesso de filas e atrasos nos voos.

A expectativa é que, somente em dezembro, mais de 16 milhões de passageiros embarquem, movimento 12% superior à média do ano e 13,6% maior que o mesmo mês de 2010. Entre as medidas anunciadas, um convênio foi firmado com as companhias aéreas, que deverão evitar praticar overbooking, aumentar equipes de atendimento, ocupar todas as posições de check in nos horários de pico e praticar o endosso de passagens entre empresas.

As ações incluem também a ampliação em 47% da capacidade do espaço aéreo nos principais centros de controle do país.

A Agencia Nacional de Aviação Civil (Anac) também irá intensificar a atuação nos principais aeroportos brasileiros a partir de 16 de dezembro. Serão mobilizados cerca de 240 servidores, entre inspetores de aviação e técnicos, que trabalharão nos turnos de maior fluxo nos aeroportos de Brasília (DF), Confins (MG), Guarulhos (SP), Congonhas (SP), Galeão (RJ) e Santos Dumont (RJ).

A Infraero, por sua vez, contratou 421 empregados das áreas de segurança aeroportuária, operações, navegação aérea e manutenção.

“Com reforço de pessoal do setor público e privado temos todas as condições de atender o usuário (neste final de ano)”, afirmou o ministro da Aviação Civil, Wagner Bittencourt. “Não vai haver overbooking porque combinamos com eles (as companhias aéreas). Com todas as ações não temos dúvidas que isso vá acontecer (os passageiros serem atendidos)”.

A operação especial contempla também medidas como melhorias da infraestrutura aeroportuária, ampliação do acesso à informação pelos passageiros, reforço de pessoal nos aeroportos e gestão operacional integrada. Uma cartilha será distribuída nos principais aeroportos com informações unificadas sobre os direitos e deveres do viajante.      

veja também