MENU

Ibovespa amplia perdas; ações de construtoras lideram queda no dia

Ibovespa amplia perdas; ações de construtoras lideram queda no dia

Atualizado: Quinta-feira, 16 Dezembro de 2010 as 3:49

O desempenho negativo de papéis ligados ao cenário interno, com destaque para os do setor de construção, pressionam o mercado acionário brasileiro nesta quinta-feira e levam o Ibovespa a registrar o terceiro dia seguido de perdas.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) volta a descolar-se do ambiente internacional, com o mercado de olho na ata referente à última reunião do Copom.

O Banco Central afirmou que ainda espera o efeito na economia das medidas macroprudenciais anunciadas recentemente, como o aumento do compulsório, para só depois avaliar os próximos passos em política monetária. Não afastou, porém, a necessidade de ações convencionais de política monetária para lidar com a dinâmica de preços, ou seja, mexer na taxa de juro.

Por volta das 15h30, o Ibovespa recuava 0,60%, aos 67.463 pontos. O volume negociado estava em torno de R$ 3,52 bilhões. No mesmo horário, em Wall Street, o índice Dow Jones subia 0,29%, o S&P 500 avançava 0,44% e o Nasdaq tinha alta de 0,66%.

Os novos números reportados pela economia americana superaram as estimativas. O índice de atividade manufatureira na região da Filadélfia voltou a avançar em dezembro, com leitura positiva de 24,3. No mês anterior, o índice havia marcado 22,5.

Além disso, no mercado de trabalho, os novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos caíram em 3 mil na semana terminada no dia 11 de dezembro, em relação à anterior, para 420 mil.

Já a atividade de construção de moradias nos Estados Unidos aumentou 3,9% em novembro, perante o mês anterior, para uma taxa anualizada ajustada sazonalmente de 555 mil unidades. A quantidade anualizada de novas obras relativa a outubro ainda foi revisada das 519 mil unidades para 534 mil.

Entre as empresas brasileiras, são as construtoras as responsáveis pelas maiores baixas no Ibovespa. Há instantes, os papéis ON da MRV cediam 5,80%, a R$ 14,43, da Rossi perdiam 4,02%, a R$ 13,34, e da PDG Realty recuavam 3,38%, a R$ 9,12.

Além disso, ainda figuravam nos destaques negativos do índice as ações Gol PN (-3,37%, a R$ 24,88) e Duratex ON (-4,23%, a R$ 17,43).

Os aeronautas (tripulantes) das companhias aéreas de todo o país se reúnem hoje para avaliar o resultado das negociações de quarta-feira com o sindicato patronal e definir se a categoria entrará em greve no dia 23, às vésperas do Natal. A classe pede reajuste do piso em 30% e aumento salarial de 15% para outras funções.

Os aeroviários (que trabalham dos aeroportos) já anunciaram a adesão à greve ontem, após o fracasso das negociações com o Sindicato das Empresas Aéreas (Snea), que manteve proposta de reajuste salarial de 6,08%, ante reivindicação de 13%.

No setor financeiro, as ações Bradesco PN ainda recuavam 0,52%, a R$ 32,42, os papéis Itaú Unibanco PN caíam 0,93%, para $ 38,09, e as units do Santander Brasil tinham baixa de 1,08%, a R$ 21,81.

Além disso, as ações Vale PNA perdiam 0,37%, a R$ 50,15, enquanto os papéis Petrobras PN ganhavam 0,55%, a R$ 25,51.

As maiores altas do Ibovespa, por sua vez, partiam dos papéis Braskem PNA (3,16%, a R$ 19,24), CCR Rodovias ON (3,09%, a R$ 44,64), Brasil Foods ON (2,25%, a R$ 26,28) e Cemig PN (2,18%, a R$ 29,02).

O HSBC elevou hoje sua recomendação para os papéis ON da CCR de 'neutral' para 'overweight' e manteve o preço-alvo em 12 meses em R$ 51,50.

'A Brisa vendeu seu bloco restante de 29,8 milhões de ações ON (6,2% do total de ações) por R$ 43 cada ação através de um leilão na Bovespa no dia 15 de dezembro. Isso representa o término de um risco de ?overhang' que, em nossa opinião, tem limitado o desempenho das ações desde 14 de outubro de 2010, quando a Brisa vendeu um bloco de 15,0 milhões de ações por R$ 46 cada. Portanto, no futuro, esperamos que as ações reflitam mais fielmente a avaliação da carteira existente da CCR. O free float da empresa aumentou para aproximadamente 49% (em comparação a cerca de 38% quando a Brisa detinha aproximadamente 16% das ações da CCR) e isso deve melhorar a liquidez das ações', afirmaram Luciano Campos e Leonardo Scutti, em relatório.

No caso da Cemig, o conselho de administração aprovou o pagamento de dividendos extraordinários no montante de R$900 milhões, representando R$1,319408855 por ação. A distribuição ocorrerá no dia 29 deste mês.

Além disso, uma das razões para alta dos papéis da Braskem pode estar atrelada à recomendação da Itaú Corretora, que reiterou a classificação de outperform (desempenho acima da média do mercado) para os papéis PNA da empresa e elevou o preço alvo de R$ 20,2 para R$ 24,3.    

veja também