MENU

IGP-M fica em 1,10% na 2ª medição de fevereiro

IGP-M fica em 1,10% na 2ª medição de fevereiro

Atualizado: Sexta-feira, 19 Fevereiro de 2010 as 12

A segunda prévia do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) de fevereiro subiu 1,10%, após avançar 0,51% em igual prévia do mesmo indicador em janeiro. O resultado foi anunciado nesta sexta-feira, dia 19, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A FGV informou ainda os resultados dos três indicadores que compõem a segunda prévia do IGP-M de fevereiro.

O Índice de Preços por Atacado - Mercado (IPA-M) subiu 1,34% na prévia anunciada nesta sexta, após avançar 0,44% em igual prévia do mesmo índice em janeiro.

Por sua vez, o Índice de Preços ao Consumidor - Mercado (IPC-M) teve alta de 0,80% na segunda prévia deste mês, em comparação com o aumento de 0,74% na segunda prévia do mês passado.

Cinco das sete classes de despesa componentes do índice apresentaram avanços em suas taxas de variação. A maior contribuição partiu do grupo Transportes (1,53% para 2,47%), por influência do item tarifa de ônibus urbano, cuja taxa passou de 2,79% para 4,52%.

Também registraram acréscimos em suas taxas de variação os grupos: Habitação (0,23% para 0,29%), Educação, Leitura e Recreação (0,85% para 0,97%), Despesas Diversas (0,18% para 0,37%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,28% para 0,30%).

Os itens que mais contribuíram para o avanço das taxas desses grupos foram: empregados domésticos (0,79% para 1,66%), cursos formais (1,63% para 2,10%), alimento para animais domésticos (-0,35% para 0,93%) e serviços de cuidados pessoais (0,27% para 0,53%), respectivamente.

Em contrapartida, apresentaram decréscimos em suas taxas de variação os grupos: Alimentação (1,19% para 0,93%) e Vestuário (0,77% para 0,23%). Os destaques em cada classe de despesa foram: carnes bovinas (0,79% para -0,69%) e roupas (1,22% para -0,06%), respectivamente.

Já o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC) registrou taxa positiva de 0,39% na segunda prévia do indicador deste mês, após registrar elevação de 0,40% na segunda prévia de janeiro.

O resultado acumulado do IGP-M é usado no cálculo de reajuste nos preços dos aluguéis. Até a segunda prévia de fevereiro, o IGP-M acumula aumentos de 1,74% no ano e de 0,17% em 12 meses.

O período de coleta de preços para cálculo da segunda prévia do IGP-M do segundo mês do ano foi do dia 21 de janeiro a 10 de fevereiro.

veja também