MENU

Inadimplência das empresas deverá seguir em alta, prevê Serasa

Inadimplência das empresas deverá seguir em alta, prevê Serasa

Atualizado: Segunda-feira, 17 Outubro de 2011 as 11:13

O crescimento no nível de inadimplência das empresas deverá durar mais alguns meses, segundo aponta  o Indicador Serasa Experian de Perspectiva da Inadimplência das Empresas, que teve alta de 0,1% em agosto, a menor taxa de crescimento dos últimos dez meses.

O indicador tem a propriedade de antever os movimentos cíclicos da inadimplência com seis meses de antecedência.

O resultado desse mês "sinaliza que a atual trajetória de alta da inadimplência das empresas deverá durar mais alguns meses, devendo entrar numa zona de relativa estabilidade por volta do início do próximo ano", disse a Serasa, por meio de nota.

Na avaliação dos economistas da Serasa, as reduções esperadas da taxa Selic poderão promover um barateamento do custo financeiro do capital de giro, o que contribuirá para o encerramento do atual ciclo de elevação da inadimplência das empresas, no médio prazo.

Consumidores

O Indicador Serasa Experian de Perspectiva da Inadimplência do Consumidor recuou 1% em agosto, atingindo o patamar de 101,1 pontos, a quarta queda mensal consecutiva.

"O cenário que se abre para a inadimplência do consumidor, pelo menos para o início de 2012, é de declínio. A diminuição da inflação, o patamar historicamente baixo das taxas de desemprego e o crescimento mais moderado do endividamento deverão contribuir para a reversão da atual trajetória de crescimento da inadimplência das pessoas físicas", disse a Serasa.          

veja também