MENU

Indústria de SP cresceu 0,5% em outubro, mostra Fiesp

Indústria de SP cresceu 0,5% em outubro, mostra Fiesp

Atualizado: Terça-feira, 30 Novembro de 2010 as 2:08

A atividade industrial do estado de São Paulo subiu 0,5% em outubro ante setembro, segundo dados com ajuste sazonal divulgados pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) nesta terça-feira (30).

Sem considerar ajuste sazonal, a atividade da indústria de transformação paulista apresentou queda de 0,1% em outubro, na comparação com o mês anterior. No confronto com outubro de 2009, o INA aumentou 3,3%. Nos últimos 12 meses, houve expansão de 10,8%. No acumulado do ano, o crescimento da atividade industrial paulista é de 11%.

Entre os setores, destaque de alta para produtos químicos, petroquímicos e farmacêuticos, com avanço de 0,4% em outubro sobre setembro com ajuste sazonal, e máquinas e equipamentos, com elevação de 0,3%.

A Fiesp revisou os dados referentes ao mês de setembro, com ajuste, para uma queda de 0,4%, ante a previsão anterior de recuo de 0,1%. Sem ajuste, o índice revisado recuou 0,8%, enquanto o divulgado anteriormente foi de queda de 0,4%.

O nível de utilização da capacidade instalada (Nuci) da indústria de transformação paulista ficou em 82,8% em outubro, com ajuste sazonal, acima do índice de 82,2% em setembro deste ano e superior ao nível de 81,3% registrado em outubro de 2009. Na série sem ajuste sazonal, o Nuci ficou em 84,3% em outubro, inferior aos 83,6% de setembro e abaixo dos 83,2% verificados em outubro de 2009.

Vendas e salários

As vendas reais da indústria paulista registraram queda de 0,5% em outubro, frente o mês anterior, com ajuste sazonal. No comparativo com outubro de 2009, o indicador apresentou uma alta de 6,9%.

O total de salários reais pagos pela indústria paulista subiu 2,4% entre setembro e outubro, com ajuste sazonal. Em relação a outubro de 2009, o indicador avançou 7,4%. Já os salários nominais aumentaram 3,4% em outubro na comparação com setembro, com ajuste sazonal, e subiram 13,4% sobre o mesmo mês do ano passado.

O total de horas trabalhadas na produção apresentou alta de 0,4% no décimo mês deste ano, em relação a setembro. No comparativo com outubro de 2009, houve alta de 7,0%.    

veja também