MENU

Inflação da construção registra aceleração em junho, diz FGV

Inflação da construção registra aceleração em junho, diz FGV

Atualizado: Segunda-feira, 28 Junho de 2010 as 10

O índice que mede o custo da construção no país registrou variação de 1,77% em junho, segundo informou a Fundação Getulio Vargas nesta segunda-feira (28). No mês anterior, o INCC-M foi de  0,93%. A apuração se refere aos preços pesquisados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência.

Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo tiveram aceleração do índice. Na contramão, Recife e Porto Alegre tiveram redução nos preços da construção.

No ano, o índice acumula variação de 5,29% e, nos últimos 12 meses, a taxa registrada é de 6,31%. O índice relativo a materiais, equipamentos e serviços variou 1,02%. Em maio, a taxa havia sido de 0,48%. No índice referente a mão de obra, a taxa ficou em 2,59%. No mês anterior, a taxa foi de 1,41%.

No grupo materiais, equipamentos e serviços, o índice que corresponde a materiais e equipamentos teve variação de 1,04% em junho, contra 0,51% em maio. Os quatro subgrupos em que se enquadram os materiais e equipamentos usados na construção apresentaram aceleração. A taxa passou de 0,62% para 1,60%. Itens como vergalhões e arames de aço ao carbono (-0,92% para 1,89%) e massa de concreto (-0,01% para 2,94%) influenciaram o resultado.

No item serviços, o índice, que foi de 0,36% em maio, subiu para 0,92%, em junho. Nesse grupo, ficaram mais caros os serviços técnicos. A taxa passou de 0,71% em maio para 1,57% em junho.

veja também