MENU

Inflação do aluguel avança na segunda prévia de abril, diz FGV

Inflação do aluguel avança na segunda prévia de abril

Atualizado: Quarta-feira, 18 Abril de 2012 as 8:42

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), conhecido como inflação do aluguel, porque reajusta a maioria dos contratos imobiliários, acelerou para 0,71% na segunda prévia de abril, após avançar 0,35% no mesmo período de março. Os números foram divulgados nesta quarta-feira (18) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Em 12 meses, indicador acumula alta de 3,51% e, no ano, de 1,33%.
Usado no cálculo do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), também chamado de inflação do aluguel, variou 0,77% no segundo decêndio de abril, contra 0,32% na mesma apuração de março.


Preços para o consumidor
O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), ou a inflação no varejo, também utilizada para calcular o IGP-M, avançou de 0,43% para 0,52%, com a principal contribuição partindo do grupo vestuário (de 0,18% para 0,96%). Ainda foram registrados acréscimos nas taxas referentes a alimentação (de 0,35% para 0,48%), transportes (de 0,21% para 0,37%), despesas diversas (de 0,06% para 1,19%), saúde e cuidados pessoais (de 0,52% para 0,71%), comunicação (de -0,05% para 0,07%) e educação, leitura e recreação (de 0,31% para 0,32%).
Entre todos esses grupos de gastos, só o de habitação registrou desaceleração: de 0,88% para 0,55%, com destaque para empregada doméstica mensalista, cuja taxa passou de 4,56%, no mês anterior, para 1,98%, nesta apuração.


Custo da construção
Nesta quarta, a FGV ainda divulgou o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), que variou 0,82%, após avançar 0,29%. O índice relativo a materiais, equipamentos e serviços ficou em 0,51%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,50%. O índice que representa o custo da mão de obra ficou em 1,13%, no segundo decêndio de abril. Na apuração referente ao mesmo período do mês anterior, o índice variou 0,09%.

veja também